Pedofilia: Homem de 49 anos é preso em Piracanjuba por assediar menores, de 12 e 14

484
jovair moreira
Jovair Moreira de Oliveira

A Polícia Civil de Piracanjuba prendeu, no dia 22 de fevereiro, Jovair Moreira de Oliveira, de 49 anos. Natural de Piracanjuba, mas residente em Goiânia, ele é suspeito de crime de pedofilia e foi preso na cidade do sul do Estado, após marcar encontros com duas vítimas, menores de idade.

Segundo o delegado Vicente de Paulo, o suspeito trocava mensagem com as meninas, além de fotos de nudez e conteúdo pornográfico. De posse das imagens, Jovair teria passado a ameaçar as vítimas de divulgar as fotos para terceiros. De acordo com a investigação, ele chegou a compartilhar o conteúdo.

Jovair conquistava a confiança das adolescentes, com idade entre 12 e 14 anos, para as quais prometia “uma vida melhor” e, em alguns casos, chegou a se apresentar como outra pessoa, mais jovem. O homem vinha sendo monitorado e teve o celular apreendido. No aparelho, foram achadas mais de 200 imagens de teor erótico ou pornográfico.

Jovair utilizava as fotos enviadas pelas próprias vítimas para cobrar novas imagens ou exigir a prática de atos libidinosos. Preso, ele confessou o delito e nada aduziu em sua defesa. Segundo o delegado, casos de pedofilia têm sido comuns na cidade. Caso condenado, o indiciado poderá ser apenado em até 18 anos de prisão.

Texto: Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Foto: Polícia Civil / Piracanjuba