PM da reserva é preso por homicídio de casal em Águas Lindas

558

carbonizadoO Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) de Águas Lindas de Goiás, sob a coordenação do delegado Cleber Junio Martins, deu cumprimento ao mandado de prisão temporária contra Orlando Bernardino de Melo, sargento da reserva da Polícia Militar do Distrito Federal, em razão de seu envolvimento no duplo homicídio doloso qualificado consumado, perpetrados contra Milena Barbosa, 33 anos, e Antonio Vidal, 36 anos.

O fato ocorreu na madrugada do último sábado (27), tendo Orlando invadido a casa da ex-esposa Milena, onde surpreendeu as vítimas, oportunidade em que desferiu facadas contra elas. Depois disso, colocou-as no interior do veículo usado por Antônio e ateou fogo, carbonizando por completo o veículo e os dois corpos das vítimas. Milena já estava separada de Orlando desde março deste ano, em virtude de prováveis violências domésticas e havia acabado de iniciar um namoro com Antônio.

Orlando tem duas filhas com Milena, uma de 15 e outra de 11 anos, tendo a relação do casal durado por volta de 18 anos. O investigado foi recolhido ao Presídio Militar do DF, haja vista ser ele sargento da referida instituição, estando há pouco mais de dois meses na reserva. As vítimas eram professores em Águas Lindas, por isso o crime causou grande comoção local.