Polícia Civil apreende 2,5 toneladas de maconha no Residencial São Marcos

265
maconha3
Apresentação da dupla na DENARC

Dois suspeitos de tráfico de drogas flagrados e presos com duas toneladas e meia de maconha foram apresentados, no dia 22 de setembro, na Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (DENARC), na Cidade Jardim, em Goiânia. As prisões e apreensões ocorreram durante a Operação Avalanche realizada, no dia 19 de setembro, no Residencial São Marcos. De acordo com a polícia, a droga está avaliada em mais de R$ 2,5 milhões de reais.

Segundo informações da polícia, com os suspeitos além da maconha os policiais apreenderam um quilo e duzentas gramas de cocaína escama de peixe, oito quilos de ácido bórico, uma prensa hidráulica, balanças digitais, dois revólveres calibre 38, munição, um carro e uma motocicleta. Um dos detidos, de 24 anos, possui passagem por roubo e tráfico de droga.

Eles foram autuados por tráfico de drogas, associação para o tráfico, por possuir maquinário para produção e preparação de drogas, posse irregular de arma de fogo e munição. Caso sejam condenados a pena pode chegar a 38 anos de reclusão.

Além dos suspeitos, outras duas pessoas foram presas na BR-060, saída para Guapó. Com a dupla os policiais encontraram um quilo de maconha oriunda da dupla presa no Residencial São Marcos. Eles foram autuados por tráfico de drogas e associação para o tráfico. A pena para estes crimes pode chegar a 25 anos de reclusão.

A operação foi uma ação conjunta entre a Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos do Estado de Goiás (DENARC) e o Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (GENARC) de Goianésia. As prisões ocorreram após três meses de investigações. Essa é considerada pela polícia a maior apreensão de maconha em 2014 e da história do DENARC.

Fonte: Jornal O Popular
Foto: Zuhair Mohamad / O Popular