Polícia Civil apresenta responsáveis por incêndio no Fórum de Goiatuba

678
IMG_2598
Delegado Gustavo Ferreira em entrevista coletiva à imprensa

Os cinco responsáveis pelo incêndio criminoso que destruiu o Fórum da Comarca de Goiatuba, no Sul Goiano, foram apresentados pela Polícia Civil no Auditório da Secretaria de Segurança Pública e Administração Judiciária (SSPAP), com a presença do titular da pasta, Vice-Governador José Eliton. Também foi realizada coletiva de imprensa, com ampla cobertura dos veículos de comunicação.

Na ocasião, o secretário destacou o excelente desempenho da Polícia Civil de Goiás no cumprimento de suas atribuições na repressão a atividades ilícitas. “A Polícia Civil goiana está de parabéns, porque possui um dos mais altos índices de solução de crimes do Brasil”, salientou. Eliton também destacou a rapidez de resposta dos policiais civis da 6ª Delegacia Regional de Polícia Civil (DRPC).

De acordo com o titular da regional e coordenador da investigações atinentes ao caso, Gustavo Ferreira, as ações policiais que culminaram com a prisão de todos os envolvidos demandaram trabalho complexo, para cuja execução foram necessárias diligências de várias espécies, de escutas telefônicas a análise de dados criminais dos alvos, além de trabalhos de campo de diversas naturezas.

Ao final das investigações, foi apurado que Waldemar Tassara Macedo foi o mandante do crime. Ele objetivava destruir autos de um processo de Homicídio contra si na comarca local, além de adquirir armas. Selmo Felizardo, Thales Miranda e Rudieri Albertini agiram como executores da ação delituosa. Amauri Dias foi o receptador.

O Fórum da Comarca de Goiatuba foi incendiado no dia 10 de agosto deste ano. Ao todo, 10 mil processos foram perdidos com a perpetração do crime liderado por Waldemar Tassara. Um vigilante foi rendido e seu colete subtraído pelos criminosos. Todos os equipamentos para funcionamento da sede do Poder Judiciário no município foram destruídos.