Polícia Civil apresenta suspeito de fraudes em compra de gado

713

adrianoA Polícia Civil de Goiás, Grupo de Repressão a Crimes Rurais e de Divisas (GRCRD), apresentou, na manhã desta terça-feira (21), o preso Adriano de Souza Vieira, de 46 anos, considerado um dos maiores golpistas na aquisição criminosa de gado no Brasil. Foragido da Justiça, Adriano tinha contra si oito mandados de prisão. Ele foi preso no dia 16 de junho, na cidade de Itaberaí, quando retornava do Estado do Pará.

De acordo com o delegado Glaydson Carvalho, titular da especializada, responsável pelas investigações, que começaram em junho de 2015, Adriano é investigado por golpes em Bela Vista, Piracanjuba, Anicuns, Cocalzinho, Edéia, Crixás, Goiás, Jandaia, Corumbá, Turvânia, Varjão e Padre Bernardo. Além de Goiás, ele já fez vítimas em MG, TO, PA e BA.

“Ele adquire gado, principalmente leiteiro, por meio de estelionato com cheques furtados ou golpe do envelope vazio”, comentou o delegado. Segundo Carvalho, após a divulgação das primeiras notícias acerca da prisão de Adriano, vítimas de outros estados já entraram em contato com a delegacia. “Ainda não conseguimos mensurar o valor do prejuízo causado às vítimas”, completou.