Polícia Civil apresenta travesti acusada de homicídio em Goiânia

293

michele brasilA Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídio (DIH), apresentou na terça-feira (25), a travesti Michele Brasil, acusada do homicídio de um traficante, em frente a um bar no setor São Francisco, região de prostituição em Goiânia.

O crime ocorreu na última sexta-feira (21). Michele foi presa em sobrado utilizado para moradia de travestis no Setor João Braz, em Goiânia.

De acordo o delegado Thiago Martiniano, a motivação do crime foi a recusa do traficante em vender drogas para a autora, bem como se negar a receber sexo oral da suspeita em troca de R$ 50. Após um desentendimento, Michele Brasil ameaçou a vítima e, ao retornar ao local, desferiu duas facadas nas costas e uma na cabeça da vítima, que morreu no local.