Polícia Civil captura personal trainner suspeito de ter abusado de criança de 12 anos em Caldas Novas

327

WhatsApp Image 2017-02-14 at 07aA Polícia Civil deu cumprimento a um mandado de prisão temporária em desfavor de W. F (foto), 27 anos, na tarde de segunda-feira (13). Personal trainner, ele é um dos investigados em um inquérito policial que apura a prática dos crimes de estupro de vulnerável, satisfação de lascívia mediante a presença de criança e aliciamento de criança por meio de comunicação. Os fatos ocorreram nos municípios de Caldas Novas e Nova Crixás, no noroeste goiano. A vítima é uma menina de 12 anos. O preso se encontra recolhido no presídio local, à disposição da Justiça.

O padrasto da menina, W. A. R. S., 45 anos, também foi preso. De acordo com o delegado Fernando Alves Barbosa, o pai abusava da menina desde quando ela tinha 10 anos. “O pai abusava da menina e o personal trainner, que era amigo dele, acabou descobrindo o caso. Então o personal passou a chantagear o pai e exigiu manter relação sexual com a menina, o que acabou acontecendo”. Ainda conforme o delegado, o pai da vítima foi preso em Nova Crixás e em seu telefone foram encontrados áudios nos quais ele pedia à garota fotos nuas.