Polícia Civil convoca aprovados para o curso de formação de Delegado, Agente e Escrivão

590

Delegada Lílian de Fátima Sena, em pé, acompanha atendimento a candidato fazendo  matrícula para o curso de formação na PC

Os candidatos aprovados no concurso público para provimento dos cargos de Delegado, Agente e Escrivão de Polícia dos quadros da Polícia Civil de Goiás iniciarão o curso de formação na Academia da Polícia Civil no próximo dia 7, segunda-feira. A previsão para que os novos policiais entrem em efetivo exercício é em janeiro de 2014, uma vez que a curso de formação tem data de encerramento previsto para o dia 18 de dezembro.

Este concurso, lembra a Delegada Lilian de Fátima Sena Rosa Lima, Gerente de Ensino da Academia, é o maior já realizado pela Polícia Civil goiana em número de aprovados.

O curso terá duração de 325 horas/aulas para os cargos de Agente de Polícia e Escrivão de Polícia e de 477 para o cargo de Delegado de Polícia, todos com aulas em período integral, podendo estender-se para os sábados, domingos e feriados, se houver necessidade. As matrículas para os candidatos aprovados no concurso foram abertas hoje. Nos dias 4 e 5, quinta e sexta-feira próximos serão feitas as matrículas do convocados em segunda chamada.

Foram convocados para o curso de formação 120 Delegados, 379 Agentes e 330 Escrivães de Polícia, perfazendo um total de 845 novos Policiais Civis. Após o curso de formação, que será ministrado pela Academia da Polícia Civil, e a posse, os novos policiais serão lotados nas Delegacias Regionais para as quais fizeram a opção de trabalho quando se inscreveram para o concurso, exceto os Delegados de Polícia, cujas lotações serão feitas a critério da administração.

O Delegado Geral da Polícia Civil, João Carlos Gorski, que ministrará a aula inaugural às turmas de Delegado, Agente e Escrivão de Polícia, espera dos novos Policiais Civis uma consciência profissional plena da responsabilidade social que terão pela frente.  “Todos se tornarão homens e mulheres da segurança pública e deverão agir com zelo e dedicação para contribuir no processo de fortalecimento da Polícia Civil e para a segurança dos cidadãos, permitindo que a justiça seja efetivada em desfavor aos autores de crimes”, assinalou João Gorski.

Texto: Delegado de Polícia Norton Luiz Ferreira – Assessor de Comunicação da Polícia Civil