Polícia Civil dá início à implementação do “Programa 5 S de Qualidade”

566

O gerente de Gestão e Finanças da Polícia Civil, delegado Eraldo José Augusco, juntamente com o gerente-adjunto, delegado Murilo Gonçalves, estiveram nesta quinta-feira (22/02) no auditório da SSP (Secretaria de Segurança Pública) prestigiando a implantação do projeto piloto “Programa 5 S de Qualidade na Polícia Civil” na Coordenação de Gestão de Pessoas (CGP).

A apresentação das linhas gerais do “5 S” foi realizada pelo gestor e coordenador do programa, Wilton Cardoso Moreira, e pela servidora Maria do Socorro Leal Pereira. O evento contou, ainda, com a participação dos chefes de núcleos e demais servidores da CGP.

O Programa 5 S é uma filosofia de trabalho que torna o ambiente agradável, seguro e produtivo, promovendo a disciplina na organização através da consciência e responsabilidade de todos. Ele se fundamenta em cinco sensos (daí o nome “5 S”): a) Senso de Descarte (Seiri) – é ter somente o necessário no local de trabalho; b) Senso de Organização (Seiton) – ter cada coisa no seu devido lugar; c) Senso de Limpeza (Seisou) – é manter limpo o ambiente de trabalho; d) Senso de Saúde (Seiketsu) – diz respeito mais à qualidade de vida do que a ausência de doença; e) Senso de Autodisciplina (Shitsuke) – é persistir na prática dos sensos anteriores.

O delegado Eraldo Augusco destaca que “o programa 5 S de Qualidade é de fácil entendimento e aplicação”. Ele será aplicado primeiramente, como projeto piloto, na Coordenação de Gestão de Pessoas. Segundo o servidor Wilton Cardoso Moreira, “o sucesso da implementação deste programa vai depender do envolvimento de cada servidor, cuja colaboração é fundamental para a melhoria da qualidade do ambiente de trabalho, na satisfação profissional e na valorização institucional”.

O cronograma de implementação prevê que a equipe gestora irá realizar uma visita de avaliação ao CGP nesta sexta (23/02). Entre os dias 28 de fevereiro e 15 de março serão implantados os três primeiros sensos (descarte, organização e limpeza). No dia 23 de março será a vez da implantação do senso de saúde e, por fim, no dia 27 de março a implantação do senso de autodisciplina com início da avaliação permanente.

Augusco frisa que este é um projeto piloto, em fase inicial de implementação, sendo que a intenção dos gestores é implementar o programa em todas as unidades da Polícia Civil de Goiás.