Polícia Civil de Corumbaíba prende estelionatário que tentava aplicar golpe em agência da CEF

691

A Polícia Civil de Corumbaíba prendeu em flagrante, na sexta-feira (15), João Batista Lino da Silva quando o autor se encontrava no interior da agência da Caixa Econômica Federal para concretizar a abertura de conta-corrente usando documentação falsa.

A polícia Civil começou a investigar o caso quando três pessoas foram até a Casa Lotérica da cidade para abrir contas-correntes, possivelmente usando documentos falsos. De posse da documentação apresentada pelos suspeitos no momento da propositura da abertura das contas na lotérica, constatou-se a veracidade das suspeitas.

A Caixa Econômica Federal vem sendo vítima frequente desse tipo de golpe, em que os falsários abrem contas em nome de terceiros usando documentos falsos. Após abrirem a conta, os estelionatários fazem uma pequena movimentação de depósitos e saques para dar falsa impressão de normalidade.

A fase final do golpe ocorre quando os criminosos fazem empréstimos em nome do titular da conta-corrente e sacam o dinheiro, deixando o banco e a vítima no prejuízo. João Batista foi autuado por estelionato, falsidade material e uso e apresentação de documento falso.

A Polícia Civil investiga ainda se houve Associação Criminosa entre os autores. O falsário foi levado inicialmente a Caldas Novas para realização de sua correta identificação criminal, pois apresentou dois documentos de identidade, e conduzido ao presídio local, onde ficará à disposição da Justiça. Se somados os crimes, João Batista pode ser condenado a uma pena que pode variar de 4 a 14 anos de reclusão.