Polícia Civil de Inhumas indicia dois médicos por homicídio culposo de criança de 11 anos

326
WhatsApp Image 2017-05-22 at 10
Delegado Humberto Teófilo, responsável pelas investigações

A Polícia Civil de Inhumas concluiu, na segunda-feira (19) uma investigação que culminou no indiciamento de dois médicos que trabalharam na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) pelo crime de homicídio culposo , tendo como vitima uma criança de 11 anos de idade em razão de supostas negligências e imprudências praticadas durante os atendimentos.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Humberto Teófilo, os médicos teriam ignorado os sintomas da vítima. “Há provas robustas de que os sintomas apresentados pela vítima foram ignorados pelos médicos, que não tomaram as precauções que lhe eram exigíveis, pois, caso agissem com maior zelo, o evento morte teria sido evitado. Os médicos liberaram o paciente sem que houvesse sua total e satisfatória recuperação agindo, assim, culposamente”, afirma a autoridade policial.