Dois autores: Polícia Civil de Jaraguá conclui inquérito de homicídio ocorrido em 2012

572
marco_antonio_maia
Delegado Marco Antônio Maia

A Polícia Civil de Jaraguá, coordenada pelo delegado Marco Antônio Zenaide Maia Júnior, finalizou o inquérito sobre a morte de Rangel Ferreira Lima, ocorrida em 2012, às margens da BR-070, município de São Francisco de Goiás. Jones David Guimarães e Adelino dos Santos Silva são apontados como autores do homicídio.

De acordo com as investigações, Rangel tinha 29 anos na época do crime. No dia 8 de agosto de 2012, ele foi abordado por dois homens, em Jaraguá. A dupla, que ocupava um veículo GM Corsa, levou Rangel para uma estrada vicinal, onde o alvejaram com um único disparo de arma de fogo. O corpo de Rangel foi encontrado cinco dias depois do assassinato.

Segundo o delegado Marco Antônio, a vítima teria pegado substâncias entorpecentes com Jones David, conhecido como Jones Gordinho. Porém, após vender a droga, não teria repassado o valor para o distribuidor, que chegou a fazer sucessivas cobranças. Para matar o algoz, ele contou com a ajuda de Adelino, conhecido por Pezão.

Autor do disparo que matou Rangel, Jones foi assassinado em dezembro de 2012, em Anápolis. Adelino, no entanto, confessou sua participação no crime e forneceu outras informações relevantes para a conclusão do inquérito.

Texto: Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Foto: Goianésia Agora