Mortos em roubo: Polícia Civil de Jaraguá esclarece mortes de fazendeiro e mototaxista

663
dupla jaraguá
Dupla suspeita de matar fazendeiro

A Polícia Civil de Jaraguá, através do delegado regional Marco Antônio Zenaide Maia Júnior, concluiu inquérito e apresentou os suspeitos da morte do fazendeiro Walter Freitas Machado, de 61 anos, conhecido por “Tim”, tio do cantor sertanejo Rafael Machado, e do mototaxista Deoclécio Timóteo de Amorim, de 54 anos. O crime ocorreu em 7 de junho de 2014.

As investigações foram conduzidas pela 15ª Delegacia Regional de Goianésia, em conjunto com agentes e escrivães de Jaraguá, coordenados, à época, pelo delegado Webert Leonardo. Um dos suspeitos, Matheus Henrique Silva Santos, de 22 anos, natural de Rubiataba, já se encontra preso há mais de 30 dias em Goianésia. Ele contou detalhes do duplo homicídio e confessou sua participação no crime.

O outro participante do crime e principal executor, Valdomiro de Oliveira, de 39 anos, foi apontado por Matheus como uma pessoa extremamente perigosa. Valdomiro está preso na Paraíba, com um nome falso de Wilson José de Oliveira. Segundo consta, somente no Estado de Goiás, existem vários mandados de prisão em aberto contra o mesmo, todos pelos crimes de roubo a banco.

De acordo com as investigações, os dois autores foram à fazenda em veículo próprio, com intuito de roubar. Durante a ação, acabaram matando Walter. Deoclécio, por infelicidade, chegou ao local no momento do crime. Ele havia sido chamado pelo fazendeiro, e acabou morto pela dupla de criminosos.

Outro caso
A Polícia Civil de Jaraguá, coordenada pelo delegado Sérgio de Sousa Arraes, elucidou o homicídio de Wagner Júnior dos Santos Pereira, vulgo Teté, de 20 anos, assassinado a golpes de arma branca no dia 9 de dezembro de 2014, no bairro Japão, na cidade de São Francisco de Goiás. O autor do crime, Juliano César Pires das Chagas, de 21 anos, vulgo Catatau, natural de Uruana, já tinha passagem por latrocínio na sua cidade natal.

Texto: Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Foto: Polícia Civil / Jaraguá