Polícia Civil de Luziânia recupera avião levado de empresário

300

avião recuperadoA Polícia Civil de Luziânia recuperou, no dia 12 de março, um avião avaliado em quase R$ 1 milhão, levado por estelionatários, após forjarem a compra da aeronave. Segundo o delegado regional, Rodrigo Mendes, o empresário, vítima do golpe, entregou o avião para o bando criminoso, em Jataí, acreditando que o dinheiro teria sido depositado na sua conta corrente.

Os integrantes do bando ostentavam riqueza e chegaram a apresentar para a vítima um extrato de conta bancária no valor de R$ 6 milhões, objetivando ludibriar o empresário para que ele caísse no golpe. A vítima, então, acabou entregando a aeronave para a quadrilha, sendo que os criminosos decolaram com o avião no aeroporto de Jataí.

O empresário só percebeu que teria sido vítima de um golpe quando a quadrilha já estava longe. A Polícia Civil foi acionada e descobriu que o avião estava no aeroporto de Luziânia. Segundo informações preliminares, o bando poderia usar o avião para o tráfico internacional de drogas, pois um piloto havia sido contratado para levar a aeronave para a Bolívia.

A polícia acredita que a quadrilha é altamente especializada e utiliza nomes e documentos falsos. As primeiras informações dão conta de que o grupo estaria fortemente armado, inclusive com fuzis. Os envolvidos estão sendo procurados, pois não estavam no aeroporto de Luziânia quando a equipe policial chegou ao local.

O avião foi recuperado e entregue ao proprietário. A Polícia Civil escoltou a vítima, que prefere não ter o nome divulgado, até o aeroporto de Brasília e repassou o caso para Polícia Federal. As investigações prosseguem com o objetivo de identificar e prender os criminosos.