Delegacia de Homicídios prende casal que matou menor de 15 anos por motivos passionais

604

Casal preso pela Polícia Civil matou a menor de 15 anos

Os suspeitos de terem assassinado a adolescente Ana Karla Lemes da Silva, 15 anos, em dezembro do ano passado, foram apresentados pela Polícia Civil na manhã de ontem (19.02). Lucas Felipe Ferreira Borges, 19 anos, foi preso antes e Isabela Vieira dos Reis, 18 anos, na última sexta-feira (14). Segundo informou a Delegada Adjunta da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios, Tatiana Barbosa, Lucas é um conhecido traficante de drogas dos Bairros Vila União e Vila Morais e teria cometido o crime, com ajuda de Isabela, por motivos passionais.

A prisão temporária dos dois já foi expedida e, possivelmente, será convertida em preventiva. Isabela deve aguardar em uma cela feminina no 1º Distrito Policial de Goiânia e Lucas será encaminhado para Casa de Prisão Provisória (CPP). Uma ligação confidencial registrada no celular da vítima, minutos antes, também será investigada pela polícia.

No dia 15 de dezembro, Ana Karla seguia em direção à casa de Isabela Reis, quando foi alvejada e morta com um único tiro no peito. De acordo com as investigações, horas depois do homicídio, o principal suspeito era Lucas, que fugiu do local e se escondeu no município de Luis Eduardo Magalhães, na Bahia. Ele tinha retornado para Goiás na semana passada.

Lucas e Ana Karla haviam tido um envolvimento de aproximadamente dois meses, mas, em depoimento, o homem afirmou que rompeu o relacionamento após ter sido diagnosticado com uma doença sexualmente transmissível que, segundo ele, teria sido transmitida por Ana Karla. A delegada esclareceu que não há nenhum exame que comprove o caso e que a família da vítima não tinha conhecimento da doença, que seria um herpes genital.

A doença teria sido o motivo para Lucas nutrir ódio por Ana Karla. “Por isso, ele começou a ameaçá-la de morte e espalhar a história na região.” As investigações contestaram ainda que Isabela é usuária de drogas e teria atraído Ana Karla, sua amiga há mais de seis anos, para a cena do crime, uma rua do Setor Jardim Planalto. “Elas eram amigas e Ana, inclusive, cuidava do filho de Isabela”, disse a delegada.

Durante a apresentação, na Delegacia de Homicídios (DIH), Lucas e Isabela negaram envolvimento no crime. Ele disse que estava com raiva dela devido à doença, mas que não era culpado por sua morte.  Isabela também lembrou que era muito amiga de Ana Karla e que não teria motivos para atraí-la até sua casa. Ela também acredita que a investigação no celular da vítima deve esclarecer o caso. No entanto, a delegada Tatiana Barbosa ressalta que todos os indícios apontam para o envolvimento dos dois no assassinato.

Fonte: O Hoje
Texto: Lyniker Passos
Foto: O Hoje