Polícia Civil desarticula grupo criminoso que clonava veículos

290
Placas e armas estão entre os objetos apreendidos.
Placas e armas estão entre os objetos apreendidos.

A Polícia Civil desencadeou hoje, por meio da DERFRVA (Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores), a Operação Preceptores, com o objetivo de desarticular uma organização criminosa especializada na clonagem de veículos. Foram cumpridos 11 mandados de prisão e outros 15 mandados de busca, que resultaram na apreensão de automóveis adulterados, armas, munições, coletes balísticos, placas, ferramentas para clonagem de veículos e dinheiro. Cerca de 130 policiais civis participaram das diligências.

De acordo com o delegado Fábio Meireles Vieira, a operação aconteceu simultaneamente em Goiânia, Aparecida de Goiânia, Anápolis e Goianira. Meireles afirmou que as investigações duraram seis meses e entre os presos estão os irmãos Warllen Teixeira da Silva (24 anos) e Wdeilson Teixeira da Silva (21 anos), considerados os maiores adulteradores de veículos do estado de Goiás atualmente. No momento da prisão, Wdeilson tentou fugir, caiu do telhado de casa e fraturou o pé.

Maconha havia sido apreendida quinta-feira em Jataí.
Maconha havia sido apreendida quinta-feira em Jataí.

Tráfico:

De acordo com os investigadores, a organização criminosa também trocava carros por drogas no Estado de Mato Grosso do Sul. Na noite da última quinta-feira, Jair Nascimento Ribeiro Junior, integrante do grupo, já havia sido preso enquanto assistia a um filme em um cinema de Jataí. Ele transportava 500 quilos de maconha de Ponta Porã (MS) para Goiânia (GO).