Polícia Civil divulga fotos de suspeitos do assassinato de jovem de 22 anos em Anápolis

774
Suspeitos Gustavo  Henrique e Rafael Cristian

Eles foram identificados em
vídeo onde aparecem agredindo
a estudante. Isabel foi encontrada
morta após ficar desaparecida
por 10 dias, em Anápolis.

 

A Polícia Civil divulgou fotos de dois jovens suspeitos de participar do assassinato da estudante Isabel Rodrigues, de 22 anos, em Anápolis, a 55 quilômetros de Goiânia. Amigos da vítima, eles foram identificados nas imagens de uma câmera de segurança que flagrou o momento em que ela foi agredida e levada em um carro.

Gustavo Henrique de Freitas Enéas, de 23 anos, e Rafael Cristian dos Santos de 21, estão foragidos. Segundo o delegado responsável pelo caso, Manoel Vanderic, os dois tinham dívidas com a vítima. Uma das hipóteses é que a execução tenha sido motivada por envolvimento com drogas.

A Polícia Civil faz busca para encontrar os dois jovens. Gustavo deixou a cadeia no fim do ano passado. Ele cumpria pena por roubo. Rafael tem passagens por tráfico de entorpecentes. “Frequentavam a casa dela. Eram conhecidos pelos familiares. O Rafael foi responsável por atrair Isabel até a emboscada e contou com a colaboração do Gustavo e outros dois suspeitos”, disse Vanderic.

A vítima Isabel Rodrigues, de 22 anos

Em entrevista ao G1, no dia do enterro da estudante, a irmã dela, Ana Paula Rodrigues da Cruz, de 28 anos, havia adiantado a identificação de Rafael e se revoltou ao falar do jovem: “Ele [suspeito] falava que considerava a Isabel como irmã”.

Sigilo

Além de procurar pelos dois suspeitos identificados, a polícia aguarda informações obtidas pela quebra de sigilo telefônico de Isabel para conseguir encontrar os outros dois envolvidos na morte da estudante. “Nós temos indícios quanto a identificação desses outros dois que participaram do crime. Contudo, não possuímos a qualificação completa”, explica o delegado.

Isabel foi encontrada morta, com um tiro na cabeça, dez dias após ter desaparecido. O corpo, em avançado estágio de decomposição, estava em um matagal às margens do Rio Capivari, próximo a BR-414, em um local de difícil acesso. Policiais identificaram a jovem  por meio de uma tatuagem que ela tinha na perna.

Vídeo

Imagens feitas por uma câmera de segurança mostram o exato momento em que a estudante é agredida e levada por quatro homens. O flagrante aconteceu na madrugada do último dia 12, em uma rua do Bairro de Lourdes, em Anápolis.

No vídeo, Isabel estaciona a motocicleta em rua deserta e faz um sinal de luz. Minutos depois, os suspeitos chegam em um carro prata. Dois deles descem do veículo armados. Então, um dos homens arranca o capacete da jovem e, em seguida, agride a vítima na cabeça. Isabel é levada para dentro do carro e um terceiro criminoso foge com a moto dela. Segundo a polícia, uma quarta pessoa, que não aparece na gravação, estava no veículo.

Fonte: G1/GO