Durante ação feita em Goianira 6 pessoas foram presas acusadas pelo crime de homicídio

502

A Polícia Civil de Goianira apresentou na tarde de sexta-feira, 19/07, seis pessoas presas na última semana por diversos homicídios ocorridos na cidade. O delegado, Vinicius Teles, disse que as prisões é uma resposta que a polícia tem que dar para a sociedade de que os crimes não têm ficado impunes, mostrando o trabalho dos agentes da delegacia. A motivação para os crimes, segundo ele, é na maioria por drogas e em alguns casos desavenças, mas ainda assim com envolvimento de entorpecentes.

Dentre os presos está o marido de Sandra Amar dos Santos, Antônio Abadio Evangelista (primeiro da esquerda para a direita, de camisa verde), que foi encontrada morta no último mês no Setor São Pedro, em um terreno baldio. Segundo o delegado a motivação do crime foi desavença. Ela era violentada dentro de casa e segundo informações usava a droga de Antônio, o que pode ter levado o acusado a matar a própria esposa com a ajuda do comparsa, Marcos Ubiratan da Silva ( quarto da esquerda para a direita com camisa amarela listrada), que também foi preso. Antônio Abadio também responde pelo assassinato de José Carlos da Silva que foi encontrado morto uma semana depois no mesmo local onde Sandra estava. A motivação também seria drogas.

Também foram apresentados: José Emílio dos Santos (segundo da esquerda para a direita, blusa listrada vermelha e cinza) e Emílio Santiago Pereira dos Santos(segundo da direita para a esquerda, de camisa verde), pai e filho respectivamente, que foram presos por tráfico de drogas no setor Imperial II; João Paulo Erroma (camisa branca e óculos), acusado de matar Wagner da Costa Silva e praticar uma tentativa contra Arlan Carlos Oliveira, sendo a motivação drogas; e Paulo Henrique Alves de Lima (primeiro da direita para a esquerda, camisa branca) assassino confesso do Neguinho da bomba, que foi morto a golpes de pia de cozinha.

Fonte: http://www.portalgoianira.com.br
Texto: Rirley Wildisney