Polícia Civil empregará plano especial de trabalho para o jogo entre Brasileiros e Argentinos

248

A Polícia Civil empregará um plano de ação especial para ser colocado em prática antes, durante e após o jogo entre Brasil e Argentina, nesta quarta-feira, no Estádio Serra Dourada, confronto que está sendo chamado de “Clássico das Américas” em razão da  rivalidade entre as duas seleções. Os trabalhos terão início às 18 horas e se encerrarão às  2 horas da manhã de quinta-feira, conforme ficou estabelecido no planejamento feito pela Superintendência da Polícia Judiciária (SPJ), através da Assessoria de Planejamento.

Prevê o plano de ação que a 1ª Delegacia Regional de Polícia (DRP), localizada no centro da cidade, colocará à disposição da Delegacia de Polícia instalada dentro do Serra Dourada, duas equipes de policiais, composta cada uma por um Delegado de Polícia, dois Escrivães e três Agentes de Polícia. Outras duas equipes completas de policiais do GT3, grupo de elite da Polícia Civil, também foram escaladas para dar apoio na segurança do clássico. O GT3 é um grupo qualificado para atuar em situações de alto risco, em controle de distúrbios e manuseio de explosivos, entre outras.

Segundo o Superintendente da Polícia Judiciária, Delegado Carlos Roberto Teixeira, a proposta é fazer com que a Delegacia que funciona no interior do estádio, funcione plenamente no atendimento às demandas que requerem a intervenção da Polícia Civil, bem como no sentido de fazer valer o Estatuto do Torcedor. Policiais da área de  inteligência da Polícia Civil atuarão nas imediações do Estádio Serra Dourada, visando a identificação de criminosos, de pessoas em atitudes suspeitas e de distúrbios. O trabalho da inteligência tem como objetivo antecipar incidentes.

Além das ações previstas no planejamento da SPJ, funcionará em todo o período plantão centralizado, abrangendo as áreas administrativa, tática-operacional, logística, Assessoria de Imprensa, Supervisão e a Corregedoria da Polícia Civil.

Texto: Delegado de Polícia Norton luiz Ferreira – Assessor de Comunicação da Polícia Civil
Charge: Google (Ilustração)