Polícia Civil frustra golpe milionário contra empresas de tecidos

354
Galpão onde foi apreendida mercadoria.
Galpão onde foi apreendida mercadoria.

A Polícia Civil, por meio da DEIC (Delegacia Estadual de Investigações Criminais), frustrou nesta semana um golpe milionário, em que várias empresas do ramo de tecidos seriam prejudicadas. De acordo com o delegado Valdemir Pereira da Silva, caso o golpista conseguisse levaram adiante a fraude, poderia lucrar cerca de R$ 8 milhões.

As investigações apontaram que um empresário veterano no ramo, com mais de 20 anos no mercado, abriu empresas “laranjas” após ter seu nome negativado. Com a empresa “laranja” ele adquiriu produtos e, inicialmente, honrou com os pagamentos. Após ganhar a confiança dos fornecedores, no entanto, ele deixou de quitar as dívidas e começou a fechar suas lojas, revendendo os produtos adquiridos e que ainda não haviam sido pagos aos fornecedores.

Durante as diligências, os policiais civis conseguiram localizar um galpão em Goiânia, onde parte da mercadoria estava estocada. Todo o material foi apreendido. O nome do investigado não foi revelado até o momento para não atrapalhar a sequência do trabalho policial.