Polícia Civil: Genarc, de Formosa, prende acusado por tráfico de drogas

379

Na tarde de da última quinta-feira, 20/10, o Grupo Especial de Repressão a Narcóticos – Genarc, de Formosa, deu cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedido pelo Poder Judiciário contra José Vieira de Carvalho Filho, o Zequinha. Zequinha é acusado pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e financiamento do tráfico.

Após cerca de nove meses de investigações, angariando informações, foi verificado que o acusado não era “só um traficante de drogas”. Durante todo esse tempo Zequinha comandou uma verdadeira associação criminosa, fomentando traficantes menores e tendo a seus serviços jovens que faziam desde a entrega das drogas até a coleta dos ganhos das bocas de fumo.

Ele gerenciava verdadeira “empresa”, com papéis muito bem definidos a cada um de seus auxiliares. Olheiros, mensageiros, contabilistas e telefonistas faziam com que a máquina administrativa funcionasse. Tal associação abrangia grande parte da cidade de Formosa, inclusive dentro do sistema carcerário, e se estendia até diversas cidades do Distrito Federal como Planaltina, Sobradinho e Samambaia.

Também foram cumpridas outras duas prisões preventivas de indivíduos que prestavam serviços a Zequinha. Wendel Soares de Andrade e Reginaldo dos Santos Borges, que já se encontravam presos por tráfico de drogas, foram notificados das suas prisões na Casa de Prisão Provisória de Formosa.

É o primeiro indiciamento pelo Genarc de alguém pelo artigo 36 da lei 11.343/2006, o financiamento do tráfico, crime cuja pena é maior que o próprio tráfico de drogas.