Polícia Civil: Genarc, de Itumbiara, prende mulher de 38 anos por tráfico de drogas

338
Roseli de Sousa, de 38 anos

Uma mulher foi presa por policiais civis do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (Genarc), de Itumbiara, na noite dessa quinta-feira (8), no Bairro Dona Sinica, naquele município, suspeita de tráfico de drogas e posse de insumos para a fabricação de entorpecentes. Na residência da suspeita, a Polícia Civil encontrou tijolos de maconha, tabletes de crack e outros materiais para o refino da droga.

De acordo com o delegado regional de Itumbiara, Ricardo Torres Chueire, a investigação teve início há duas semanas e durante o período foram realizadas várias campanas nas imediações do local. “Com o monitoramento, identificamos que ali efetivamente poderia existir um ponto de vendas e depósitos de drogas”, disse.

Por volta das 20 horas de ontem, policiais civis invadiram a residência de Roseli de Souza, de 38 anos, momentos depois que a suspeita havia

Droga apreendida pelos Policiais Civis

chegado. Após buscas na casa, foram apreendidos oito tijolos de maconha, que estavam enterrados no quintal embaixo de uma camada de telhas de barro, tabletes de crack, ácido bórico, éter, bicarbonato de sódio, materiais para embalagem das drogas, balanças de precisão, além de facas e rolos de fita adesiva.

Segundo o delegado, a mulher mantinha um laboratório de transformação de cocaína e crack. As investigações apontaram que a droga teria sido adquirida em Ituiutaba, Minas Gerais, ainda na quinta-feira e teria chegado em Itumbiara de ônibus.

Roseli foi presa, encaminhada à sede do Genarc e autuada pelos crimes de tráfico de drogas e pela posse dos insumos para a fabricação de entorpecentes, crimes que têm, cada um, pena de 5 a 15 anos de reclusão.

 Fonte: O Hoje
Texto: Kamylla Rodrigues