Polícia Civil: Genarc de Rio Verde prende três traficantes com 10 quilos de crack

693
Crack apreendido pelo Genarc, de Rio Verde, em embalagem preta

Policiais do Grupo Especializado em Repressão a Narcóticos da Polícia Civil – Genarc, de Rio Verde, prenderam três pessoas depois de receberem a informação que um indivíduo estaria trazendo da cidade de Ponta Porã-MS,  10 quilos de “crack”. Luiz Fugi Kita, vulgo Yacusa, 57 anos, estava sendo investigado havia três meses, e é apontado como o grande responsável pela entrega das drogas na região.

Foram presos também Norma Elizabet Coronel Cáceres, 37 anos, companheira de Yacusa, e Paulo Sérgio Duarte dos Santos, 20 anos, que intermediava a compra das drogas para a revenda.

Segundo os Delegados Adélson Candeo Júnior e Francisco Lipari Filho, que comandaram as investigações, Yacusa e Norma Elizabet foram presos quando estavam hospedados em um hotel na cidade de Rio Verde. Luiz Kita confessou que a droga estava escondida em seu veículo, um Hyundai Tucson, e que receberia oito mil reais para entregar da mesma a Paulo Sérgio Duarte dos Santos, com quem faria contato através de telefonema.

Os Policiais Civis localizaram Paulo Sérgio, de 20 anos, e constataram através de seu aparelho celular que se tratava do mesmo número que  Yacusa possuía como contato para entrega da droga. Observaram também  que haviam mensagens de texto com instruções de como receberia a droga e de como analisaria sua qualidade. O veículo de Yacusa foi levado a uma oficina e desmontado. A droga – 10 quilos de crack – foi localizada  em um compartimento próximo ao motor.

Vale ressaltar que a população da cidade demonstrou grande satisfação pelo trabalho bem sucedido da Polícia Civil, especialmente  pelo empenho  dos Agentes de Polícia Humberto Ferreira de Oliveira, Marcelo de Menezes, Manoel Francisco Carvalho Martins, e do Escrivão de Polícia Rodrigo Iotti.

Geralda Ferraz – Escrivã de Polícia

Paulo Sérgio
Norma Elizabet Cáceres
Luiz Fugi Kita, o "Yacusa"
Tuckson apreendida