Polícia Civil: GEPATRI, de Itumbiara, prende trio furtando soja em fazenda de Itumbiara

342
Os suspeitos presos, a soja furtada, a soja e o caminhão utilizado no transporte
Os suspeitos presos pelo GEPATRi, a soja furtada na fazenda e o caminhão utilizado no transporte do produto

Gilsimar Costa Silva, Arlindo Lopes da Silva e o operador de colheitadeira Alentino Elias Martins Neto foram presos em flagrante na noite de sábado, na Fazenda Lagoa, às margens da BR-153, em Itumbiara, no momento em que furtavam carregamento de soja. Policiais Civis do Grupo Especial de Repressão a Crimes contra o Patrimônio (Gepatri), de Itumbiara,  investigavam os furtos há um mês.

O operador de colheitadeira, contratado mediante diária, no fim do expediente descarregava uma ou duas cargas no mato e voltava ao local à noite, com o bando em caminhões para recolher a soja que tinha escondido, explicou a Polícia Civil. “Ele fazia isso a cada dois dias, furtando cerca de 4 toneladas de soja por vez, causando prejuízo para o produtor que o contratou”, contou o delegado Rogério Moreira da Silva, que autuou os três por furto qualificado e associação criminosa. Ele investiga quem estaria comprando a carga furtada.

Fonte: O Popular
Fotos: Polícia Civil / GEPATRI