Polícia Civil: GIH de Águas Lindas prende seis que mataram cruelmente menor de 17 anos

651
Ramon
Ramon dos Santos: Um dos autores do homicídio

O Grupo de Investigações de Homicídios (GIH), de Águas Lindas de Goiás, elucidou o bárbaro assassinato do menor Gabriel da Nóbrega Nobre, de 17 anos, ocorrido na madrugada do dia 23 de março último.

Com a prisão de seis envolvidos no crime, dos quais três maiores e os demais menores de idade, o Delegado Cléber Junio Martins, Coordenador do GIH, daquele município, encerra as investigações apontando os executores do menor como pessoas de alta periculosidade e autores de vários outros crimes na cidade, como roubos, tráfico de drogas e furtos.

Relatou o Delegado Cléber Junio que Gabriel Nóbrega foi covardemente assassinado a pontapés, socos, pauladas e pedradas quando encontrava-se na porta da casa de uma amiga. Os autores e infratores saíam de uma festa, embriagados e drogados, momento em que encontraram a vitima. O grupo discutiu com a vítima e em seguida passou a agredí-la até a morte. Os executores ainda arrastaram o corpo para debaixo de uma àrvore e desferiram mais golpes contra sua cabeça.

Foram identificados como autores do delito três maiores Ramon dos Santos Oliveira, que está preso preventivamente, e Emerson Ferreira dos Santos e Max Henrique Lopes de Souza, ambos foragidos e outros três menores, todos apreendidos e com processo em trâmite na Vara da Infância e Juventude da Comarca de Águas Lindas de Goiás. Cléber Junio elogiou o trabalho de todos os Policiais Civis do GIH, em especial dos Agentes de Polícia Cláudio e Ludmila Fernandes pela dedicação diuturna dispensada às investigações do caso.

Texto: Delegado de Polícia Norton Luiz Ferreira – Assessor de Comunicação da Polícia Civil
Foto: Polícia Civil / GIH