Polícia Civil indicia mulher que vendia atestados médicos falsos por R$ 25 em Morrinhos

367

WhatsApp Image 2017-05-02 at 16A Polícia Civil de Morrinhos recebeu a comunicação de que uma mulher estaria vendendo atestados médicos falsos, os quais, por sua vez, estavam sendo apresentados por funcionários em empresas da região.

Diante da existência de indícios do cometimento de crime de falsidade, foi iniciada investigação. Após alguns dias, uma empresa local notou que um funcionário havia apresentado diversos atestados em um curto espaço de tempo com motivações diversas.

Com base nas diligencias realizadas, foi possível apurar que Andréia Gomes Quevedo Martins Silva (foto), 38 anos, falsificava e vendia os atestados pela quantia de R$ 25. Diante disso, segundo o delegado Fabiano Henrique Jacomelis, Andréia foi indiciada pela prática do crime de falsidade ideológica.

Os compradores dos atestados serão indiciados pela prática do crime de uso de documento falso.
O delegado destaca que a investigação prosseguirá, visando a esclarecer como a indiciada teve acesso aos prontuários de atestados, bem como o meio utilizado para falsificar os carimbos dos médicos utilizados durante a falsificação dos atestados.