Polícia Civil investiga irregularidades na escala de plantões médicos no Hospital Municipal de Pontalina

541
6
Saúde de Pontalina está sob investigação da Polícia Civil

A Delegacia de Polícia Civil de Pontalina, no Sul Goiano, deflagrou na manhã de sexta-feira (02) a Operação Plantão 24 Horas. O objetivo é cumprir mandados de busca e apreensão no Hospital Municipal e Secretaria Municipal de Saúde dese município. Essas diligências seguem o plano de ação da Operação Guardião, que ocorre em todo estado até o final do ano.

A Delegacia de Polícia de Pontalina recebeu denúncias de possíveis irregularidades nas escalas de plantões médicos e nas cirurgias eletivas realizadas no Hospital Municipal da cidade. Os médicos desse centro de saúde estariam incluídos na folha de pagamento sem prestarem os devidos plantões, motivo pelo qual se representou pela busca e apreensão, autorizada pelo Poder Judiciário da Comarca. Em posse dos mandados, policiais civis dirigiram-se até os referidos locais e apreenderam documentos que serão analisados para apuração das denúncias.

Esta é a primeira fase da Operação Plantão 24 Horas, que tinha por objetivo localizar e apreender documentos relacionados ao fato investigado. A segunda fase consistirá na identificação dos envolvidos nas irregularidades, a partir da análise dos documentos apreendidos.

Divergências
Já nos primeiros documentos analisados foram verificadas divergências entre a escala de plantão dos médicos do Hospital Municipal e o relatório de faturamento encaminhado à Secretaria Municipal de Saúde para pagamentos dos plantões realizados, fato que ainda será aprofundado nos próximos dias.

Além da apreensão dos documentos, foram ouvidos, na Delegacia de Polícia, a diretora do Hospital Municipal, o secretário municipal de Saúde, a coordenadora do Posto de Saúde Familiar (PSF) e o Diretor Técnico do Hospital Municipal.