Polícia Civil: Investigações apontam que Tio estuprou a sobrinha em Pirenópolis

388

brasão1A A.V.V.D.S, de 9 anos, chegou ao hospital de Pirenópolis, no dia 12 de fevereiro passado, levada pelo tio Machiel Domingos de Sousa, 39 anos. Na unidade hospitalar, o homem disse que a criança havia caído de bicicleta e apresentava ferimentos na vagina. Atentos, os médicos desconfiaram da justificativa apresentada pelo tio, por terem percebido um forte bloqueio emocional na menor, que se mostrava fechada. Os exames preliminares apontaram que os ferimentos eram compatíveis com estupro.

A suspeita foi passada para a Polícia Civil e ao Conselho Tutelar. Por ordem do Delegado Bruno Costa e Silva, Titular da Delegacia de Pirenópolis, os Policiais Civis iniciaram as investigações, apoiados pelo Conselho Tutelar do município. A vítima confirmou o que os médicos suspeitavam e, diante de todos os indícios do crime de estupro de vulnerável, a Polícia Civil encaminhou representação ao Poder Judiciário pela Prisão Temporária do suspeito.

Lembrou Bruno Costa que a vítima decidiu relatar tudo à mãe é a tia, esposa do suspeito, que realmente havia sido estuprada. Além disso, disse ter sido abusada por ele também no ano de 2012. Ao concluir o Inquérito Policial, Bruno Costa representou pela Prisão Preventiva do suspeito, que foi acatado pela justiça. Agora, Machiel Domingos permanecerá preso. “A Polícia Civil tinha a obrigação de esclarecer esse crime e foi exatamente o que a instituição fez, dando a resposta tão esperada pela sociedade e pelo Poder Judiciário”, assinalou Bruno Costa.

Texto: Delegado de Polícia Norton Luiz Ferreira – Assessor de Comunicação da Polícia Civil