Goianésia: Operação contra tráfico de drogas prende 15 pessoas em intervalo de 10 dias

697
goianesia limpa
15 pessoas presas em 10 dias

A Polícia Civil de Goianésia prendeu, num intervalo de 10 dias, 15 pessoas acusadas de crimes diversos, e efetuou a apreensão de dois adolescentes envolvidos em crime análogo ao tráfico de drogas. A operação que resultou nas prisões tinha como objetivo principal combater o tráfico de drogas na cidade e, ao mesmo tempo, dar cumprimento a mandados de prisão em aberto, expedidos pela comarca de Goianésia, por ocasião da Operação 300+, iniciada em janeiro deste ano.

Durante a ação, desenvolvida por policias da delegacia local, do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (GENARC) e Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM), foram apreendidos grande quantidade de drogas, dinheiro, vários objetos e veículos furtados e roubados, que foram devolvidos aos proprietários. Do total de presos, sete eram considerados foragidos da Justiça.

Segundo o delegado Marco Antônio Maia, regional da 15ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) e coordenador do GENARC de Goianésia, mais de 180 pessoas foram presas somente este ano no município. A expectativa é de que o número ultrapasse os 200 ainda neste ano. Para chegar aos foragidos, agentes e escrivães foram coordenados pelo próprio Maia e pelos demais delegados da região, Glênio Ricardo Alves da Costa, titular da Delegacia de Goianésia; Murilo Leal Freire, adjunto local; e Poliana Bergamo Lomaz, titular da DEAM.

No caso das últimas prisões, chamou atenção a elucidação de um assassinato, ocorrida poucas horas antes. Américo Pereira da Luz Filho Gomes, de 40 anos, foi preso em flagrante após cometer crime de latrocínio. Ele subtraiu uma motocicleta de Marcelo Luiz de Jesus, que havia roubado a moto momentos antes, na companhia de William Santos Sousa, de 24 anos, um dos 15 presos na ação.

Os demais detidos são Jorge Paulo Silvano de Souza, Wesley Ferreira Batista, Benedito das Chagas Carvalho, Lourenço Rocha Neto, Sidnei Terra Camargo, Leonardo Luiz Camargo, Diogo Camargo Bertunes, Carlos Eduardo Pereira Maia, José Luiz Arruda Pereira, João Rodrigues Garcia, Lourisvaldo José de Brito, Wésley Pereira Mendanha e Odair José de O. Lemes.

Texto: Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Foto: Polícia Civil / Goianésia