Polícia Civil prende 32 pessoas em Goianésia só em janeiro. 28 eram foragidas da justiça

254

A ação desencadeada pela Polícia Civil, de Goianésia, no começo do último mês de janeiro, com o objetivo de dar cumprimento a cerca de 300 Mandados de Prisão expedidos pelo Poder Judiciário local, já resultou na prisão de 32 pessoas. Só naquele mês. Destas, 28 eram foragidos da justiça e outras quatro foram presas e autuadas em flagrante por cometimento de crimes de roubo, receptação dolosa e posse de munição de arma de fogo de uso permitido. Dos 28 presos, 11 são acusados de cometerem  homicídios ; nove acusados de furto; quatro por roubo; dois por tráfico de drogas e outros dois  por estupro.

De acordo com o Delegado de Polícia, Marco Antônio Maia, titular da 15ª Delegacia Regional de Polícia (DRP), de Goianésia, e respondendo pelo Genarc (Grupo Especial de Repressão a Narcóticos), daquele município, as prisões ocorreram em todas as regiões da cidade, principalmente em locais onde se registram altos índices de homicídios, tráfico e consumo de drogas.

Lembrou o Delegado que, além das prisões, os Policiais Civis recuperaram três veículos com ocorrências de roubo e aprenderam várias porções de entorpecentes, além de inúmeros cachimbos artesanais, utilizados pelos usuários no consumo de drogas. Essas apreensões resultaram na detenção de outras 18 pessoas, que foram levadas à Delegacia de Polícia e liberadas após assinarem o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), na condição de usuários.

Os Policiais Civis contam com o apoio da população, que por meio de denúncias anônimas, ajuda na localização e prisão de foragidos da justiça, bem como de criminosos, logo após estes cometerem crimes. Marco Antônio Maia salientou ainda que a pressão exercida pela Polícia Civil na execução da operação colaborou para uma acentuada redução de quase 60%s de crimes, como furtos e roubos que ocorriam na cidade, se comparado com o mesmo período no ano passado.

“Estas operações foram um sucesso e continuarão no decorrer de 2014, pois continuaremos firmes no propósito de cumprir, dentro da possibilidade, o maior número de prisões enquanto for possível manter as ações policiais em andamento”, assinalou o Delegado Marco Antônio Maia Júnior. Ressalta o titular da 15ª DRP que são mais de 300 Mandados de Prisões em aberto para serem cumpridos, sendo que os Policiais Civis conseguiram prender 28 condenados, num total de 40 locais visitados. Nos outros, onde não conseguiram efetuar prisões, foi  pelo fato de que acusados mudaram de endereço e da cidade.

Ilustração: Google