Polícia Civil prende um dos suspeitos de matar jovem no Residencial Vale dos Sonhos

1264

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH), prendeu, no dia 14 de junho, Lucas Pereira Xavier, vulgo “Lucão”, um dos autores do homicídio de Danielli da Silva Faleiro, ocorrido dia 12 de março de 2018, no Residencial Vale dos Sonhos, Goiânia.

No homicídio, foram utilizadas pelo menos três armas de fogo, uma pistola .40, uma pistola 9mm e até um fuzil 556. Na ocasião do crime, a vítima estava em um carro Ford Fiesta quando começou a ser perseguida por um outro veículo na rua de baixo da sua casa. Junto com ela estava uma criança de 12 anos, que não foi identificada e não ficou ferida.

Segundo testemunhas, a vítima teria tentado fugir e entrado na garagem de um vizinho, mas os suspeitos teriam invadido a residência dizendo que não iam fazer nada com os moradores. Danielli saiu do carro e tentou se esconder atrás do automóvel, mas foi alvejada com vários disparos de fuzil. Depois de executarem a jovem, os suspeitos fugiram.

De acordo com as investigações, presididas pelo delegado Marco Aurélio Euzébio, a morte de Danielli foi encomendada por Renato Pereira do Nascimento, vulgo “Renato Macaco”, que está preso na unidade prisional de Formosa/GO, e é apontado como chefe do tráfico de drogas na região do Bairro Guanabara e Residencial Vale dos Sonhos, nesta capital.

Para a Polícia Civil, Lucão é o braço armado de Renato Macaco, responsável pela prática de vários homicídios na região norte de Goiânia. Lucas Xavier é irmão de Marcus Vinícius Pereira Xavier, vulgo “Marquinhos”, acusado de participação no homicídio do radialista Valério Luiz.