DOT prende servidores administrativos da Sefaz por fraude

463
Policiais se concentraram na sede da 15ª DRP.
Policiais se concentraram na sede da 15ª DRP.

A Polícia Civil desencadeou nesta terça-feira (19/01) a operação “Os Caras de Pau”, encabeçada pela DOT (Delegacia Estadual de Repressão a Crimes contra a Ordem Tributária) e que contou com o apoio de agentes da Denarc, Deic, DIH, Ceres, Niquelândia e da 15ª DRP. As diligências, coordenadas pela Delegada Tatyane Gonçalves Cruvinel, aconteceram na cidade de Goianésia. Foram cumpridos cinco mandados de prisão temporária, cinco de busca e apreensão e três de condução coercitiva.

Entre os presos estão servidores do quadro administrativo da Sefaz (Secretaria de Estado da Fazenda), responsáveis por prejuízos de mais de R$ 5 milhões aos cofres estaduais em fraudes ligadas ao recolhimento do ITCD (Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doações de Qualquer Natureza). “Eles captavam clientes interessados e, usando uma senha irregular, emitiam guias de recolhimento com valores inferiores aos devidos”, explicou a delegada.

Os investigados deverão ser indiciados pelos crimes de associação criminosa, falsidades material e ideológica, inserção de dados falsos em sistemas de informações, tráfico de influência, sonegação fiscal e crime tributário funcional.