Ao menos, sete casos: Polícia Civil prende suspeito de estupros em Morrinhos

386
andre_estuprador
André Cardoso de Oliveira dos Reis

André Cardoso de Oliveira dos Reis, de 21 anos, foi preso no dia 5 de novembro na cidade de Morrinhos, a 128 quilômetros de Goiânia, suspeito de cometer três estupros e tentativa de outros quatro na cidade do interior goiano. A Polícia Civil já havia identificado o suspeito de cometer os crimes na cidade, e monitorava-o, afim de levantar mais provas contra André, para efetuar a sua prisão.

Segundo o delegado José Antonio De Podestà Neto, André utilizava uma moto Honda Biz azul com uma placa falsa. Ainda conforme a polícia, o suspeito utilizava uma faca média de cozinha para abordar as vítimas, obrigando-as a subir no veículo e as levando para lugares distantes da cidade.

De acordo com as investigações, André utilizava luvas cirúrgicas e somente tinha a conjunção carnal com as vítimas usando preservativo, que era recolhido após o crime e descartado longe do local do estupro. O suspeito morava junto com uma menor, com quem tem um filho, e aproveitava o momento em que a companheira estava no trabalho para cometer os crimes.

No dia da prisão, André tentou abordar uma jovem de 17 anos. No entanto, a vítima conseguiu fugir e acionou a Polícia Militar (PM), que já tinha conhecimento do caso através dos dados repassados por testemunshas. Uma equipe da PM se deslocou até o trabalho da companheira de André, onde encontrou o suspeito, que foi reconhecido pela moça.

André foi preso e encaminhado à Delegacia da Polícia Civil de Morrinhos, onde confessou a prática criminosa. Durante depoimento na unidade prisional, o suspeito afirmou também que praticava os estupros tomado por uma vontade incontrolável e manifestou desejo de se desculpar com as vítimas.

Com o suspeito, foram apreendidos um blusão, uma faca de cozinha e uma lanterna pequena, materiais utilizados por André na prática dos crimes. André foi autuado em flagrante por tentativa de estupro e vai responder a outros três processos por estupro consumado. O suspeito está detido no presídio da cidade e a disposição do poder judiciário de Morrinhos.

Texto: Diário da Manhã
Foto: Polícia Civil / Morrinhos