Polícia Civil prende suspeito de matar irmão da ex-namorada

295

dih 12 12A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Investigação de Homicídios (DIH), apresentou nesta segunda-feira (12) Arthur Araújo Nascimento, de 19 anos, suspeito de matar o ex-cunhado, Cléber dos Santos Camandaroba, 20. O crime foi cometido no domingo (04/12), no Parque Atheneu, em Goiânia. De acordo com a polícia, os dois se desentenderam porque o suspeito não aceitava o fim do relacionamento com a irmã da vítima.

Segundo as investigações, há cerca de um mês, Arthur teria ameaçado agredir a ex-namorada ao vê-la conversando com outro rapaz. Cleber, que era irmão da moça, não gostou da atitude do suspeito e, a partir daí, começaram a se desentender.

Na data do crime, Cléber e Arthur estavam acompanhados por dois amigos quando começaram a discutir. O suspeito sacou uma arma e disparou cinco vezes. Cléber foi levado para o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), mas não resistiu aos ferimentos. Um dos rapazes que estava no local foi atingido acidentalmente.

Ainda segundo a polícia, o suspeito alega que andava armado para se defender de possíveis assaltos. “Ele disse que viu Cléber fazer um movimento brusco como se fosse sacar uma arma e atirou na vítima, mas não acreditamos nessa versão, uma vez que testemunhas afirmam que os tiros foram disparados quando Cléber já havia desistido da briga e voltava para o carro”, explica o delegado Hellynton Carvalho, adjunto da DIH.

Em contradição à explicação de que portaria arma em decorrência de assaltos, a polícia ressalta que não encontrou nenhuma denúncia de assalto feita por Arthur. O suspeito não tem passagens pela polícia e, agora, vai responder por homicídio e tentativa de homicídio.