Polícia Civil prende dois suspeitos de assaltar clientes dentro de bancos e Goiânia

265
banco
Suspeito obriga mulher a entregar o celular durante roubo a agência

A Polícia Civil apresentou nesta terça-feira (25) dois homens, de 33 e 23 anos, suspeitos de assaltar vários clientes dentro de agências bancárias de Goiânia. Segundo as investigações, eles agiam armados e de forma violenta. Imagens de circuito interno das agências que flagraram a ação da dupla ajudaram na identificação e prisão da dupla.

Em um dos registros, dois homens aparecem usando os caixas eletrônicos quando um dos suspeitos aparece e finge ser cliente. Em seguida, o comparsa aparece, mostra a arma na cintura e leva o dinheiro.

Alguns dias depois, em outro vídeo, somente um deles aparece abordando um casal. Além do dinheiro, eles levam celulares e a aliança da mulher.

O delegado Eli José de Oliveira, titular do 4º Distrito Policial e responsável pelo caso, disse que a dupla agia sempre após o fechamento das agências, quando o movimento era menor.

“Nós estimamos que eles tenham lesado pelo menos 30 vítimas, mas não temos como calcular qual o prejuízo que foi causado. Eles agiam de forma muito violenta. Algumas vítimas chegavam a chorar”, disse ao G1.

O delegado afirma que o suspeito mais velho foi preso em flagrante quando assaltava uma agência. Já o outro homem foi detido depois de se envolver em uma troca de tiros.

“Como já havíamos o identificado, ficamos sabendo que ele deu entrada em um hospital após levar dois tiros. Atualmente, ele está sob custódia no Hugo [Hospital de Urgências de Goiânia]”, explica.

Os dois já têm passagens por vários crimes. A polícia ainda procura um menor, de 17 anos, que também teria envolvimento nos crimes.

Fonte: G1 Goiás
Foto: Divulgação/Polícia Civil