Polícia Civil prende trio que aplicava golpes por meio de site de compras

378
mercado livre
Produtos chegavam com nome das vítimas, mas no endereço dos autores

A Polícia Civil apresentou, nesta sexta-feira (13), três homens suspeitos de roubar senhas de usuários do site de compras Mercado Livre na internet. Kelson Reis Salgado, Edwilson Barbosa Assunção e Leonardo de Oliveira Souza foram presos em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital, onde mantinham uma espécie de escritório do crime. Segundo a polícia, cerca de 200 vítimas já foram identificadas.

De acordo com o delegado Álvaro Melo, responsável pelo caso, na maioria das vezes os homens conseguiam a senha usando um vírus enviado por email. Eles compravam os produtos usando os nomes das vítimas, com entrega para o endereço de onde praticavam o golpe. No local, foram encontrados diversos produtos, entre eletrônicos, roupas e calçados, comprados pela internet.

No momento da chegada dos policiais, Kelson estava copiando os dados de uma vítima. “Quando a vítima clicava no link do e-mail, tinha os dados pessoais, muitas vezes usados para ter acesso ao site Mercado Livre, roubados. A partir daí, faziam as compras, mudando apenas o endereço do destinatário”, explicou Melo. O registro do correspondência do prédio em que o trio morava comprovou as diversas entregas no endereço, com nomes diferentes.

A polícia chegou até o trio depois que uma vítima do interior de Minas Gerais recebeu a cobrança de uma compra que não havia sido feita por ela. De acordo com o delegado, ela conseguiu rastrear o endereço em que a compra foi entregue e, a partir daí, a investigação começou. Como muitos produtos ainda devem chegar ao endereço, a polícia espera identificar novas vítimas. Os presos já possuem passagem anterior por estelionato.