Preso em Valparaíso de Goiás o autor de um homicídio e de duas tentativas de homicídios

575

Adeilson Ferreira Imparatriz, conhecido por Cabeludo, foi preso por Policiais Civis do 1º Distrito Policial de Valparaíso, suspeito do assassinato de Bruno Rocha, fato ocorrido no dia 16 de janeiro último, no  Condomínio Tanaka Akari, localizado no Setor de Chácaras, em Valparaíso de Goiás, na região do Entorno d Distrito Federal. Na mesma ação, Adeilson tentou contra a vida de Matheus da Silva Rosa, que ficou paraplégico em razão das lesões provocadas pelos disparos de arma de fogo.  O suspeito utilizou um revólver calibre 38 para cometer os crimes.

As investigações que resultaram na prisão de Adeilson Ferreira foram conduzidas pelos Delegados de Polícia Isis Santana e Maurício Passerini, ambos da última turma de concursados da Polícia Civil. Adeilson foi preso na última terça-feira por força da Mandado de Prisão Temporária expedida pelo Poder Judiciário, atendendo representação feita por Isis Santana e Maurício Passerini. O preso está sendo investigado também por outra tentativa de homicídio, ocorrida em Valparaíso.  A vítima é Antônio de Almeida Gomes.

Adeilson Ferreira: Assassino preso  em Valparaíso de Goiás

O Delegado Titular da 5ª Delegacia Regional de Polícia (DRP), sediada em Luziânia, Rodrigo Mendes de Araújo, parabenizou a ação dos policiais do 1ª Distrito Policial de Valparaiso pelas investigações e prisão de Adeílson Ferreira Imparatriz. Rodrigo Mendes observou que que a prisão de Adeilson tem impacto direto na redução de homicídios na região, considerando que o preso é de um homicida contumaz.

O titular da 5ª DRP afirmou que a determinação para todos os Delegados de Polícias, Agentes e Escrivães que atuam na região do Entorno, cujas Delegacias de Polícia estão na circunscrição de atuação da 5ª Delegacia Regional de Polícia, é de continuar com uma ação firme na repressão  ao crime.

Texto: Delegado Norton Luiz Ferreira – Assessor de Comunicação da Polícia Civil
Foto: Polícia Civil / Valparaíso