Polícia Civil: Preso pelo GIH, de Formosa, jovem que consumiu crack e matou benzedeira idosa

298

Edinei Branco de Almeida levado ao presídio por Policial Civil

O Grupo de Investigação a Homicídios (GIH), de Formosa, prendeu preventivamente na quarta-feira dia 12, Edinei Branco de Almeida, 19 anos, acusado de homicídio e violência sexual de Edina Guedes de Brito, 62 anos.

O crime aconteceu no dia 6 de janeiro na casa da vítima. no Setor Califórnia, naquele município. A morte de Edina causou comoção na cidade pelo fato de que a vítima era pessoa de muitas amizades, inclusive conhecida e respeitada como benzedeira.

Os Policiais Civis do GIH apuraram durante as investigações que o acusado, conhecido da vítima, consumiu crack dois dias seguidos antes de se encontrar com a vítima. O encontro aconteceu na porta da casa da vítima. O autor a empurrou para o interior da imóvel, onde a assassinou.

Interrogado pelo Delegado de Polícia Felipe Guerrieri, Coordenador do GIH, Edinei Branco afirmou que quando começou a golpear a vítima não viu mais nada. O autor nem soube explicar porque cometeu o crime. Horas depois, o corpo de Edina Guedes foi encontrado nu no quintal da casa com sinas de violência sexual e um corte de faca no pescoço.

Texto: Delegado de Polícia Norton Luiz Ferreira – Assessor de Comunicação da Polícia Civil
Foto: Polícia Civil / GIH