Polícia Civil procura ladrão que se veste de tenista, finge ser morador e furta prédios de luxo

377

Imagem de câmera de prédio flagra ladrão entrando no condomínio

Um rapaz de aproximadamente 25 anos, alto, moreno claro, usando roupas esportivas e carregando uma mochila e uma raquete de tênis é suspeito de ser responsável por pelo menos três furtos a apartamentos de luxo – todos coberturas – em condomínios de alto padrão localizados nos Setores Bueno, Marista e Jardim Goiás.

Os furtos são investigados pelo Grupo de Repressão a Roubo a Residências (GRRR) da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic). O chefe do grupo, delegado Paulo Ribeiro da Silva, intimou o dono da construtora que edificou os três prédios para que ele tente identificar o rapaz.

A Polícia Civil acredita que o ladrão possa ser ex-funcionário da construtora, já que ele entrou apenas nas coberturas dos prédios, tendo acesso a elas através das casas de máquinas dos condomínios.

Outro detalhe que chamou a atenção dos policiais civis foi o fato do rapaz furtar apenas joias, deixando dinheiro e objetos de valor. O prejuízo até agora é estimado em R$ 500 mil pelas vítimas.

                                                                                              Filmagem

O rapaz chegou a ser filmado em duas oportunidades. A primeira, na noite de 28 de fevereiro, quando ele entrou no condomínio se passando por morador do prédio. É o porteiro que abriu o portão para ele. De lá, ele entra na cobertura através da casa de máquinas.

O outro furto registrado pelas câmeras do circuito interno de televisão, desta vez do apartamento, foi no dia 3 de março. Ao reclamar da invasão para a polícia, a vítima notou que as joias haviam sido furtadas. Neste caso, o condomínio, que conta com sistema de reconhecimento e acesso biométrico, os moradores confirmaram que o sistema estava em implantação na época em que aconteceu o crime.

Fonte: O Popular
Texto: Rosana Melo
Foto: O Popular (Reprodução TV Anhanguera)