Polícia Civil resgata Índia de 11 anos, tirada da Aldeia Guajajara, grávida de homem de 24 anos

363

Uma índia de 11 anos, sequestrada da Aldeia dos Guajajara, no Maranhão, foi encontrada pela Polícia Civil de Aparecida de Goiânia (GO) e encaminhada ao Conselho Tutelar. O suspeito, Paulo Evandro Honorato Lima, de 24 anos, teria violentado e engravidado a garota. Agora detido, ele foi encaminhado à Casa de Prisão Provisória (CPP) onde ficará à disposicão da Justiça.

De acordo com a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente de Aparecida (DPCA), Paulo Evandro era morador da cidade de Grajaú, no Maranhão, e visitava a aldeia indígena Guajaja com frequência. Ele ajudava os índios a receber benefícios junto ao INSS, mas se aproveitava do fato de os índios serem analfabetos e repassava apenas uma pequena quantidade de dinheiro ao beneficiado.

Em uma das visitas à aldeia ele teria conhecido uma índia com quem teve um relacionamento. Após algum tempo, entretanto, começou a se relacionar com a filha da índia, de apenas 11 anos. Ele sequestrou a garota e a levou para o Estado do Tocantins. Como de costume da tribo, a meta dos índios era matar toda a família de Paulo caso a criança não fosse entregue.

Com medo, o suspeito comprou um falso atestado de virgindade e devolveu a garota ao pai. Pouco tempo depois, Paulo descobriu que a menina estava grávida e resolveu contratar dois pistoleiros para que sequestrassem novamente a índia na aldeia. Em seguida, trouxe e menina para a cidade de Aparecida de Goiânia. No momento da prisão, ele estava com mudança dentro do carro e teria como destino o Estado de São Paulo.

 

Fonte: Site A Redação
Texto: Catherine Moraes
Foto: Google (Ilustração)