Polícia de Goianésia prende suspeitos por traficarem drogas em várias cidades do interior de Goiás

802

Após quase cinco meses de investigações, a Polícia Civil de Goianésia tirou de circulação 4 pessoas suspeitas de envolvimento com o tráfico de drogas nas cidades de Jaraguá,  Goianésia,  Barro Alto, Uruaçu e Porangatu.

Nesta quinta-feira (05), Adalgiza  Ribeiro da Cruz e Eduardo Jorge Cintra foram presos na GO-230, a 10 km de Goianésia. O casal transportava no porta-malas de seu veículo FORD/KA, cerca de 40 kg de maconha e quase 500g de cocaína. Em seguida, foram presos os irmãos Lucas Carlos Vieira e Alexandre Carlos Vieira. Eles foram presos em casa, no Bairro Covoá, visto que, como de rotina, parte da droga apreendida com o casal seria entregue aos irmãos.

De acordo com as investigações do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos, quinzenalmente, Adalgiza  e Eduardo  buscavam drogas em Goiânia e faziam uma rota para entregar dos entorpecentes entre Jaraguá e Porangatu e,  para não ser percebido, o casal transportava a droga em um veículo simples e levava uma criança de 2 anos de idade. As entregas aconteciam sempre em locais e horários estratégicos e sem fiscalização da Polícia. Porém desta vez os policiais civis, obtiveram êxito na prisão do quarteto, após mais de 30 horas ininterruptas de campanas nas vias que dão acesso às entradas de Goianésia.

Apenas Adalgiza não possui passagens pelo crime de tráfico de drogas. Vale ressaltar que esta operação policial contou com o empenho de policiais civis da cidade de Jaraguá, que, de acordo com as investigações, era uma das cidades onde o casal entregava drogas a pequenos traficantes.

Todos os suspeitos presos nesta operação serão conduzidos à Unidade Prisional de Goianésia, onde estarão à disposição da justiça local.