Goiânia: Polícia Civil fecha laboratório de refino com droga avaliada em R$ 1,5 milhão

265
cartprio a
Drogas e munições apreendidas

Um laboratório de refino de cocaína foi fechado pela Polícia Civil no Setor Industrial Moca, na região noroeste de Goiânia. Ao todo, foram encontrados 130 quilos de pasta base e 62 quilos de ácido bórico, material avaliado pela polícia em R$ 1,5 milhão. A operação, na madrugada de 5 de março, prendeu seis pessoas, sendo duas mulheres e três homens, suspeitas de tráfico de drogas e associação ao tráfico.

Na residência também foram encontradas 160 munições que eram vendidas pelo grupo. Em outro imóvel em Trindade, na Região Metropolitana da capital, a polícia encontrou oito quilos de cocaína refinada e prensada. Segundo a Polícia Civil, o local era usado como depósito de droga.

A investigação policial começou há cerca de um mês e meio após denúncia contra um dos integrantes da quadrilha. A capacidade de produção dos traficantes surpreendeu a polícia: com o material encontrado na residência os suspeitos conseguiam refinar mais de cem quilos de pasta base em poucos dias.

“Podemos dizer que é o laboratório mais estruturado que já apreendemos até hoje. Utilizavam maquinário industrial para embalagem à vácuo da droga. Então podemos dizer que ele estavam se profissionalizando”, afirma o delegado titular da Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (DENARC), Alécio Moreira.

Com os suspeitos também foram apreendidos três carros de passeio, duas caminhonetes e uma motocicleta. O tempo que a quadrilha atuava e a origem dos insumos ainda são investigados.

Texto: G1
Foto: Reprodução TV Anhanguera