Policiais civis de Edéia prendem três foragidos da Justiça. Dois são suspeitos de homicídio

728
edeia_foragidos
Antônio, Wilson e José Pinto

Policiais civis de Edéia, a 128 quilômetros de Goiânia, efetuaram, em junho, a prisão de três foragidos da Justiça, sendo dois deles acusados de crimes de homicídio. Todas as prisões tiveram a participação do delegado Leandro Comper Sperandio e do agente Junio Cesár, com a colaboração de policiais militares.

Segundo Sperandio, um dos capturados, Antônio José Ribeiro da Silva, de 35 anos, estava refugiado em Edéia e tinha em seu desfavor mandado de prisão preventiva por suspeita de homicídio qualificado em Gurupi/TO. Além disso, é acusado de outro assassinato na cidade de Joviânia.

Outro foragido capturado pela Polícia Civil de Edéia, Wilson Alves da Silva, de 31 anos, é condenado por bárbaro crime de homicídio ocorrido na mesma cidade, além de responder criminalmente por tráfico de entorpecentes.

Entre os detidos, colocados novamente à disposição do Poder Judiciário, está também José Pinto Alves, de 51 anos, que se refugiava na cidade, após ter em seu desfavor mandado de prisão oriundo do município de Rio Verde, no sudoeste goiano, por crime contra a dignidade sexual envolvendo três vítimas.

Texto: Flávia Guerra – Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Fotos: Polícia Civil / Edéia