Infrator: Policiais Civis do Genarc apreendem menor por tráfico de drogas em Goianésia

516
Drogas, munições e arma apreendidas com adolescente de 16 anos

Policiais Civis do GENARC – Grupo Especial de Repressão a Narcóticos de Goianésia – apreenderam, na última segunda-feira(23),  um adolescente de 16 anos. Com ele, também foram apreendidos cerca de 500 gramas de maconha, 200 gramas de crack, um revólver calibre 38, além 14 munições do mesmo calibre.

Segundo os Policiais Civis que efetuaram as investigações e prisão, com a saída de outros traficantes de circulação, por conta das operações policiais realizadas na cidade, o adolescente passou a ser considerado um grande traficante de drogas na região, tendo inclusive, no mês passado, sido alvejado com tiro de arma de fogo, durante disputa por ponto de droga com outro traficante.

No mês de março, policiais do GENARC apreenderam 1kg de maconha e 250 gramas de crack com um  adolescente e outro traficante, na ocasião um deles delatou que as drogas apreendidas eram de propriedade do adolescente preso. A quantidade de drogas apreendidas com o acusado é pequena em relação ao que ele comercializava em uma semana, nos pontos de vendas de drogas situados nas regiões Oeste e Sul de Goianésia. Ele passou a dominar sozinho quase 30% do tráfico da cidade, visto que segundo comentários nas “bocas de fumo”, ele comercializava crack de qualidade “boa” e tinha o menor preço de venda por grama.

Com a prisão, o delegado Marco Antonio Maia Junior, Delegado Titular do Genarc, informou que o adolescente será apresentado ao Ministério Público e dependendo das circunstâncias poderá ser internado provisoriamente em uma unidade de internação para menores. O Delegado informou ainda que o adolescente fazia parte de uma gang de adolescentes que andavam armados, sendo que cinco integrantes deste grupo já foram internados por mais de um ano, após cumprirem medidas sócio educativas em Goiânia e em Anápolis,  um deles de apenas 15 anos foi vítima de homicídio no ano passado e uma das motivações, segundo investigações da polícia foi a disputa por pontos de vendas de drogas. Os policiais acreditam que o adolescente deve ter ainda uma grande quantidade de drogas escondidas pela cidade.

fonte portal:www.meganesia.com.br