Jogos de azar: Policiais Civis de Goianésia fazem apreensão de nove máquinas caça-níqueis

340
Máquinas apreendidas pela Polícia Civil

Policiais Civis de Goianésia apreenderam no último sábado (16.06) nove máquinas de caça-níqueis que estavam em uma residência e em um bar situados na região norte da cidade. O Delegado Marco Antônio Maia Júnior informou que a primeira apreensão ocorreu em um imóvel residencial controlado por circuito de vigilância eletrônica, portões eletrônicos, interfone e câmeras de infravermelho. Além disso, o dono das máquinas oferecia gratuitamente aos jogadores serviços como cerveja e churrasco.

No local foram apreendidas cinco máquinas de caça-níquel, R$ 800,00 em dinheiro e uma agenda com anotações do faturamento individual das máquinas. Cada máquina, conforme o Delegado Marc o Antônio,  dava um lucro aproximado de R$ 600,00 por dia. O proprietário das máquinas e os dois jogadores foram encaminhados para a Delegacia de Polícia de Goianésia, onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO)  por contravenção de jogo de azar.

A outra apreensão ocorreu nos fundos de um bar> No local, onde estavam o proprietário e mais dois jogadores,  os Policiais Civis apreenderam quatro máquinas de caça-níqueis. Um dos jogadores disse, no momento da apreensão, que é viciado neste tipo de jogo de azar, em que só a máquina ganha e que já chegou a vender um carro popular para jogar. Os três foram encaminhados para a Delegacia de Polícia e também liberados depois de serem autuados em TCO.

De acordo com  os Policiais Civis, os dois proprietários das máquinas já foram autuados outras vezes pela prática de contravenção de  jogos de azar. Eles informaram que máquinas vieram da cidade de Anápolis. Há um mês, a Polícia Civil de Goianésia apreendeu 23 máquinas de caça-níqueis  em diversos pontos da cidade. O combate ao jogo de azar continuará, garante o Delegado Marco Antônio Maia Júnior.