Joviânia: PC apreende munições e prende duas pessoas em Vicentinópolis e Portilândia

313
Munições apreendidas pela Polícia Civil

Policiais Civis de Joviânia, comandados pelo Delegado de Polícia Fabiano Henrique Jacomelis, surpreenderam a comerciante Márcia Rodrigues de Freitas, proprietária do estabelecimento comercial “Bar e Armazém Familiar”, localizado na Avenida Vicente  Ferreira, nº 85, no Centro da cidade de Vicentinópolis, ocultando farta quantidade de munição.Segundo as investigações, as munições seriam comercializadas em Vicentinópolis e cidades vizinhas, como Joviânia e Pontalina. O operação foi  realizada  na última quarta-feira, 12.09.

Foram apreendidas 380 pequenos tubos contendo pólvora; aproximadamente sete quilos de chumbo, 6.800 munições intactas calibre 22, 121  munições intactas calibre 38, 35 cartuchos carregados calibre 32, 17  cartuchos carregados calibre 20, 18  cartuchos vazios calibre 36,  55  cartuchos vazios calibre 20, 29  cartuchos vazios calibre 32 e 31  cartuchos vazios calibre 28. Márcia Rodrigues foi autuada em flagrante pelo crime de comércio ilegal de munições, previsto no artigo 17 da Lei 10.826/03.

Dando seqüência à operação desencadeada, os Policiais Civis foram se deslocaram em seguida até a residência de Edivânio Leandro da Silva, localizada  na Rua Pastor Anicácio Antônio da Costa, 269, em Portilândia. No local, foram apreendidas  49  munições calibre 22 intactas , 25  cartuchos calibre 32 intactos, um tubo de pólvora e uma carabina CBC, calibre 22.  Edivânio Leandro, segundo o Delegado Fabiano Henrique, foi autuado em flagrante por crime descrito no Art. 12, da Lei 10826/03, já que não houve comprovação de comércio ilegal de munições. No total, foram apreendidos cerca de 7 mil munições.

Texto: Delegado de Polícia Norton Luiz Ferreira – Assessor de Comunicação da Polícia Civil