Policiais Civis de Rio Verde fazem apreensão de mais de 4 toneladas de maconha

438

Maconha apreendida pelos Policiais Civis de Rio Verde

Após dois meses de investigações, a Polícia Civil de Rio Verde apreendeu na madrugada de hoje (10.) mais de quatro toneladas de maconha. A droga, perfazendo um total de 4.160 kg, estava sendo transportada em uma camioneta F-4000, com placas de Campo Grande e seria, de acordo com as investigações, distribuída nos grandes centros como Goiânia, Distrito Federal e São Paulo.

Foi a maior apreensão de maconha já realizada na história policial de Goiás. O veículo em que a maconha estava foi interceptado pelos Policiais Civis quando, estrategicamente, deixou a BR-060, a 15 quilômetros de Rio Verde, e adentrou em uma estrada de terra para fugir da fiscalização policial.

Com informações seguras de que o veículo que transportava a carga passaria pelo local, os Policiais Civis montaram um forte esquema policial na estrada de terra para fazer a abordagem. No momento em que a camioneta foi interceptada, o motorista jogou o veículo sobre uma viatura da Polícia Civil e logo a frente adentrou em uma plantação de milho, conseguindo escapar à ação policial. A droga e o veículo foram abandonados e apreendidos. Observou o Delegado que a fuga dos traficantes só foi possível pela impossibilidade de visualização dos envolvidos no momento em que abandonaram a droga e entraram no milharal.

Delegado de Polícia Danilo Fabiano

Segundo o Delegado de Polícia Danilo Fabiano Carvalho, titular da 8ª Delegacia Regional de Polícia (DRP), de Rio Verde, cidade localizada na região sudoeste do Estado, a maconha apreendida continha tabletes com códigos de barras, provavelmente para identificar a origem e pureza do entorpecente. Informou o Delegado Danilo Fabiano que a Polícia Civil continuará com as investigações objetivando identificar as pessoas que transportavam as mais de quatro toneladas de maconha.

Participaram da histórica apreensão da maconha os Delegados Danilo Fabiano, Luiz Gonzaga Júnior e Adelson Candeo Júnior e os Policiais Civis Claudiney Galdino Pereira, Valdivino Conceição Lopes, Agnaldo Gomes Reis, José Alves da Silva Júnior, Roberto Rabelo Gonçalves Pereira e Maurício Sinimbu Silva, componentes do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (Genarc), de Rio Verde. Até então a maior apreensão de drogas em Goiás era de 2,5 toneladas de maconha. O produto foi encontrado em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana, em 2011.

Texto: Delegado de Polícia Norton Luiz Ferreira – Assessor de Comunicação da Polícia Civil