Policiais Civis do 2º Distrito Policial de Itumbiara prendem homem acusado de homicídio

476
homicidio itumbiara
Robson Alves Pereira

Policiais civis de Itumbiara realizaram a prisão de Robson Alves Pereira, vulgo Nenê, de 42 anos, em razão de mandado de prisão preventiva pelo delito de homicídio em desfavor de Silvano dos Santos Silva, de 37 anos, morto em 29 de junho de 2014, no Bairro Buriti III, em Itumbiara. A vítima foi alvejada por diversos disparos de arma de fogo dentro de seu veículo, no entanto, foi socorrida e transferida para o Hospital de Urgência de Goiânia (HUGO), onde faleceu dois dias depois.

Segundo o Delegado Lucas Finholdt, titular do 2º DP de Itumbiara, antes de falecer, a vítima identificou Robson como sendo o autor dos disparos. Silvano e Robson eram amigos há mais de 20 anos e o crime teria sido motivado por desentendimento por causa de drogas.

De acordo com Finholdt, a Polícia Civil representou pela prisão preventiva de Robson, que se mudou para o Maranhão logo após o crime. Após a confirmação do retorno do foragido à cidade, policiais civis do 2º Distrito Policial de Itumbiara efetuaram a sua captura, em razão do mandado de prisão preventiva.

Robson Alves Pereira, que já possui passagens anteriores na polícia por tentativa de homicídio e tráfico de drogas, encontra-se recolhido no Presídio Regional de Sarandi, distrito de Itumbiara. O inquérito policial será concluído no prazo legal de 10 dias e encaminhado ao Poder Judiciário. A pena do homicídio qualificado, em tese, é de 12 a 30 anos de reclusão.

Texto: Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Foto: Polícia Civil / Itumbiara