Após denúncias: Policiais civis do GENARC de Valparaíso prendem trio de traficantes

630
valparaiso genarc
Rafael, Mauro e Tuluã

Policiais Civis do Grupo de Repressão a Narcóticos (GENARC) de Valparaíso prenderam em flagrante, no dia 4 de novembro, Rafael de Jesus Gomes, vulgo “China”, Mauro Bueno de Araújo, vulgo “Paulista” e Tuluã Guimarães Oliveira da Silva, vulgo “Pezão” ou “Canela”, pela prática dos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

Após várias denúncias anônimas, os policiais do GENARC iniciaram investigações que identificaram, por meio de filmagens, o local onde se praticava o tráfico de drogas, no bairro Pacaembu, em Valparaíso. Ainda de acordo com as denúncias, Paulista seria o chefe do grupo.

Os policiais civis realizaram abordagem na residência indicada na denúncia, onde os três suspeitos estavam reunidos. Dois deles, Paulista e Pezão, tentaram fugir, mas foram detidos pelos policiais. Durante a busca domiciliar, foram localizadas 18 porções de maconha, 21 pedras de crack, uma arma de fabricação caseira, adaptada para disparar cartuchos de calibre .12, relógios, celulares, dinheiro e balaclavas, supostamente utilizadas para a prática de outros crimes.

Dando continuidade nas diligências, os policiais foram à residência do de Pezão, também no bairro Pacaembu. Lá, eles encontraram uma arma de fogo, tipo pistola calibre 380, com numeração suprimida, cano adaptado com rosca para silenciador e três carregadores municiados. Participaram das prisões o delegado Eduardo Gomes, os agentes de polícia Roger, Antônio, Márcio, Jorge, e o escrivão Cláudio.

Texto: Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Foto: Polícia Civil / GENARC / Valparaíso