Policiais Civis do GIH, de Rio Verde, elucidam homicídio e prendem o autor em 12 horas

310

João Paulo Agostinho dos Santos: Suspeito preso pelo GIH

Policiais Civis do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH), de Rio Verde (8ª Delegacia Regional de Polícia), prenderam em flagrante, na manhã da última quarta-feira, dia 29,João Paulo Agostinho dos Santos, suspeito de ter matado com disparos de arma de fogo Wilkson Cabral Pinheiro, crime ocorrido na noite anterior  ao dia da prisão do autor. A prisão aconteceu em menos de 12 horas da consumação do crime.

João Paulo assassinou Wilkson Pinheiro na noite de terça-feira, dia 28, por volta das 23 horas, Acionados, os Policiais Civis do GIH comparecerem ao local do homicídio, onde iniciaram as investigações. Minutos depois já tinham o nome do suspeito João Paulo Agostinho dos Santos, que já se encontrava foragido. A perseguição ao autor seguiu-se de forma ininterrupta até sua prisão em flagrante.

Apesar do suspeito ter negado o crime, testemunhas o reconheceram como sendo o autor dos disparos. Autuado em flagrante pelo Delegado Francisco Lipari, titular do GIH, o suspeito encontra-se na Casa de Prisão Provisória, onde permanece à disposição da justiça.

A ação que resultou na prisão de João Paulo Agostinho fez parte do plano estratégico Goiás Cidadão Seguro, idealizado em Rio Verde e que como objetivo reduzir o número de homicídios. Esse plano, lembrou Francisco Lipari, está sendo implementado desde o mês de novembro do ano de 2013 e contribuiu até o momento com o percentual de 40% de redução de homicídios na cidade.

Texto: Delegado de Polícia Norton Luiz Ferreira – Assessor de Comunicação da Polícia Civil
Foto: Polícia Civil / GIH